Criar Anúncio!
Entrar na Área Pessoal Lista de imóveis

Data: 1/4/2020
Frequência: Diária
Edições: Gratuitas

Pesquisar Notícias

Pesquisar

ler mais Agenda

26 out 12 a 28 out 12 - Madrid - Palacio de Congresos de Madrid Salón de la Vivienda de Madrid

31 ago 12 Home Ownership Fair Switzerland

13 novembro 2014

Mercado Imobiliário prevê estabilização de preços para 2015

Imprimir
MercadoBrasil

O VivaReal, portal com mais 2,5 milhões de anúncios de casas e apartamentos para compra e locação, desenvolveu uma pesquisa pós-eleições com corretores, imobiliárias e incorporadoras para entender as principais expectativas sobre o mercado imobiliário para 2015. Questionados, de maneira geral, se o mercado imobiliário deve piorar, melhorar ou permanecer estável, 46% dos entrevistados optaram por uma desaceleração do mercado, mesmo com a perspectiva de estabilização de preços para 56% dos entrevistados

A pesquisa foi aplicada em todo o Brasil com pessoas envolvidas com o mercado imobiliário, abordando os pontos preço, número de transações, demanda para venda e aluguel, financiamento, políticas públicas e incentivos do governo a novos empreendimentos.

“É importante ressaltar que existe um pessimismo no mercado de imóveis devido ao 2º trimestre de 2014, em que os números não foram tão bons quanto o esperado. Entretanto, já podemos notar uma recuperação no 3º trimestre e a tendência é que continue desta maneira”, analisa Lucas Vargas, vice-presidente comercial do VivaReal.

Sobre o número de transações de venda e aluguel, 38% dos respondentes acreditam em uma diminuição nos números, assim como a quantidade pessoas interessadas em comprar e alugar imóveis (39%).

Quando falamos de Políticas de financiamento, políticas públicas para habitação e incentivos do governo para novos empreendimentos, o sentimento é de estabilidade. Os entrevistados acreditam que não haverá grande mudança em 2015.

Comentário

Submeter

Os comentários são sempre sujeitos a apreciação prévia. Ficam excluídos da sua colocação online os comentários considerados ofensivos, insultuosos, difamatórios, inflamados, discriminatórios, e desadequados ao texto alvo de comentário.